9 ótimas funcionalidades corporativas do iOS 9

Home »  BYOD - Consumerização »  9 ótimas funcionalidades corporativas do iOS 9

Nova versão do sistema operacional da Apple traz mais facilidades com ferramentas de Mobile Device Management

por Vinícius Boemeke

O iOS 9, lançado pela Apple em setembro, traz uma série de novidades para o mundo corporativo. Bem por acaso, selecionei nove melhorias, que julgo serem as mais interessantes, do sistema operacional.

1. Restringir a troca de senha

Agora, é possível impedir que o usuário troque a senha do dispositivo, o que é especialmente positivo para aparelhos compartilhados. Imagine um hospital que fornece um tablet por andar ou ala para que enfermeiros acessem prontuários e outras informações do paciente. Se um deles trocar a senha e houver uma mudança de turno, por exemplo, muito tempo será perdido até que a TI consiga resolver a questão.

2. Cadê a App Store que estava aqui?

Até então, gestores de TI sofriam com uma decisão: retirar o ícone da App Store dos dispositivos e, com isso, impedir a atualização de aplicativos gerenciados, ou mantê-lo e permitir que os usuários baixassem programas que quisessem? Essa não é mais uma questão: o novo software permite que o ícone fique invisível ao usuário, porém ativo, e garanta, dessa forma, que os apps corporativos sejam atualizados quando necessário.

3. Chega de download automático

Outra novidade é a prevenção do download automático de aplicativos quando o usuário sincroniza seu iPad corporativo, por exemplo, com seu iPhone pessoal, que utiliza o mesmo Apple ID. Agora, fica tudo separado.

4. Nome fixo

Imagine gerenciar dezenas de tablets, sendo que um é do Zezinho, outro do Jorge, outro da Ana, e por aí vai… apenas o nome do usuário não dá clareza suficiente sobre quais aplicativos e permissões ele pode ter dentro da política de mobilidade corporativa. Então, assim como ocorrem com as senhas, os usuários não poderão mudar o nome de seus dispositivos. Cada aparelho terá uma nomenclatura fixa e definida pela empresa, como, por exemplo, Tablet Área Comercial. Isso traz mais facilidade para implantação das políticas de gerenciamento, e mais profissionalismo, também.

5. Fundo de tela

Não é nada adequado que o vendedor de uma empresa tenha como fundo de tela do tablet corporativo uma foto dele com sua família na praia, não é mesmo? O iOS 9 permite que políticas de MDM travem a customização do papel de parede dos iPads e iPhones. A função permite até mesmo que o fundo de tela seja usado como ferramenta de comunicação, trazendo banners de campanhas internas, por exemplo.

6. Apple Watch negado

Também é possível prevenir o pareamento com Apple Watch pessoal com o dispositivo corporativo, impedindo que as informações da empresa sejam acessados pela segunda tela. No Brasil o impacto dessa definição ainda é pequeno, já que não temos muitas unidades do vestível por aqui, mas já nos deixa mais tranquilos para quando a novidade dos wearables se fortalecerem no País.

7. Sem espionagem

Mais uma novidade: é possível desabilitar a gravação de vídeos das funções e atividades feitas no dispositivo. Antes, já era possível restringir os print screens, mas, pela nova versão, aplicativos terceiros não poderão mais capturar vídeos do que ocorre do aparelho.

8. Regras de navegação

Um ponto importantíssimo para a gestão de custos eficiente é prevenir o consumo excessivo de plano de dados. E o iOS 9 dá um empurrãozinho nessa atividade ao criar regras de navegação para aplicativos gerenciados. Com elas, determina-se que alguns apps só trafeguem informações se o aparelho estiver conectado à rede Wi-Fi, por exemplo, ou que funcionem no modo offline quando estiverem em área de roaming. Isso é especialmente valioso para quando os funcionários utilizam os seus dispositivos pessoais no trabalho, o chamado Bring Your Own Device (Byod), porque ajuda a permitir o consumo de dados exclusivamente para serviço.

9. Agendamento de atualizações

Por fim, podem-se agendar atualizações do próprio sistema operacional. Muitas empresas que possuem aplicativos corporativos próprios não têm o mesmo timing de desenvolvimento que a Apple, o que faz com que os softwares tenham problemas de compatibilidade com novas versões do iOS. Para evitar problemas, então, agora é possível agendar a atualização da plataforma para quando os aplicativos corporativos já tiverem sido reformulados.

Em breve, farei outros dois artigos: um falando do Android 6 e, outro, do Windows 10. Mas já adianto que, cada vez mais, o mercado corporativo é atendido nas novas versões de softwares móveis. Esse é um caminho sem volta.

Saiba mais:

Identity management: Windows 10 em smartphones marca nova era do MDM

WhatsApp não pode ser monitorado por MDM. E isso é bom e ruim

Diretoria não deve estar acima do MDM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>