Estratégias em mobilidade têm forte tendência de crescimento no Brasil, diz AirWatch by VMWare

Home »  BYOD - Consumerização »  Estratégias em mobilidade têm forte tendência de crescimento no Brasil, diz AirWatch by VMWare

Executivo da companhia, Cesar Berenguer fala sobre Google Glass, futuro do  MDM e expectativa de crescimento mais forte no País, após aquisição da empresa pela VMware

por MDM Solutions

Pense nas referências mais antigas que você tem sobre os termos consumerização e Bring Your Own Device (Byod). Com pouco esforço, chega-se a 2010, com Android e iOS dando sinais de sua potência. Espremendo um pouco mais a memória, talvez, seja possível ligar esses movimentos a 2007, ano de lançamento do iPhone. E BlackBerry? E Palm? Seu raciocínio deve automático: “ok, mobilidade é algo antigo, data bem antes dos anos 2000, mas, àquela época, quando usada na empresa, ainda era controlada e fornecida de forma oficial”. A fauna de dispositivos no ambiente corporativo ainda era pouco diversa, então vislumbrar oportunidades na oferta de soluções de gerenciamento (Mobile Device Management, MDM) era coisa para poucos. E entre estes poucos, em 2003, estava a norte-americana AirWatch.

O que era uma ideia tida pelos fundadores John Marshall e Alan Dabbiere gerou, cerca de dez anos depois, emprego para 1,8 mil pessoas em oito escritórios espalhados pelo mundo. Com mais de 12 mil clientes em 150 países, a fabricante chamou a atenção, no início deste ano, da gigante de virtualização VMware, que arrematou a empresa por R$ 1,5 bilhão.

Hoje, mobilidade não é só MDM. A solução evoluiu para o conceito de gestão corporativa da mobilidade (Enterprise Mobility Management, ou EMM) e deve se tornar ainda mais complexa, graças às chamadas wearable technologies, ou tecnologias vestíveis, que já se difundem pelo mercado. Cesar Berenguer, executivo da AirWacth by VMware*, comentou sobre este e outros assuntos em entrevista exclusiva ao blog MDM Solutions. “O desafio é que muitas companhias ainda não possuem uma estratégia móvel no Brasil”, afirmou. Acompanhe os principais trechos da conversa na sequência.

1. Qual você imagina ser o potencial de crescimento do mercado brasileiro?
Cesar Berenguer - O Brasil é nosso mercado com crescimento mais rápido na América Latina. Continuamos em expansão e antecipamos que, com a aquisição pela VMware, podemos ir mais longe. O desafio é que muitas companhias ainda não possuem uma estratégia móvel. Continuamos a educar o mercado sobre o que é mobilidade e como pode ser aplicada. Uma área, em particular, onde vemos crescimento é Byod [Bring Your Own Device]. Claro que oferecemos muito mais em EMM, o que inclui dispositivos, conteúdo, e-mail, aplicativos e gestão de navegadores.
2. Qual o desafio de tratar mobilidade entre diferentes países?
Cesar Berenguer - Cada área do mundo tem desafios únicos, normalmente dependendo de legislação local, especificamente quando falamos de privacidade de dados. Criamos uma solução robusta e que pode ser customizada, como forma de atender às necessidades legais de cada país.

CesarBereguer
3. Quais são os estágios de adoção da solução na América Latina?
Cesar Berenguer - Depende muito de cada companhia. Temos três níveis de adoção de iniciativas móveis na América Latina: o primeiro deles seria simplesmente MDM, onde se busca limpeza remota e inserção de perfis aos dispositivos. O segundo nível é o MDM Avançado e gestão de aplicativos, com uso de funcionalidades adicionais, como VPN, Wi-Fi e perfis restritivos. Neste ponto, aplicações públicas e privadas começam a ser geridas, assim como políticas de compliance. O estágio final seria o EMM completo, com foco no dispositivo, aplicação, e-mail e conteúdo.

4. Hoje em dia ouvimos que gestão do dispositivo móvel evolui para gestão do usuário, por conta do hábito de múltiplos dispositivos. Qual sua opinião?
Cesar Berenguer - O número de dispositivos por usuário, certamente, está aumentando. Uma vantagem que nossa solução oferece é o foco na computação do usuário final tanto para desktop quanto para dispositivos móveis, o que permite a segurança de todos os dispositivos. A solução de EMM permite que a companhia restrinja o número de dispositivos móveis que terão acesso aos dados e serviços corporativos, por exemplo.

5. Em muitos casos, a compra de MDM no Brasil aparenta ser operacional, em vez de estratégica…
Cesar Berenguer - Companhias que olham MDM como algo operacional limitam suas iniciativas de mobilidade a segurança. No entanto, com plataformas full EMM uma companhia é capaz de alavancar soluções robustas a seus clientes e desenvolver iniciativas móveis que as diferenciem de competidores.

 

“Companhias que olham MDM como algo operacional limitam suas iniciativas de mobilidade a segurança”

 

6. A Internet das coisas e os dispositivos vestíveis, como Google Glass e Samsung Gear, indicam ser o próximo desafio de segurança corporativa. Qual sua opinião?
Cesar Berenguer - A coisa mais importante é começar com o desenvolvimento de políticas sobre o uso de dispositivos vestíveis. Empresas precisam pensar sobre os desafios e em como fortalecer políticas na gestão dos dispositivos, apps e, especialmente, dados. A era dos dispositivos vestíveis e da internet das coisas vai, certamente, trazer crescimento exponencial no número e tipos de dispositivo que precisam ser geridos, mas não vai mudar a natureza da segurança e a necessidade de um bom software de gerenciamento. Empresas precisam pensar como e quando tais tecnologias serão permitidas no ambiente de trabalho. A preocupação não é somente com a informação que pode ser acessada, mas também com a que pode ser capturada: Google Glass, por exemplo, pode facilmente tirar uma foto ou gravar um vídeo sem ninguém saber. O risco disso pode ser muito alto para se permitir o uso em áreas sensíveis, como banheiros ou laboratórios de desenvolvimento de produtos.

“Google Glass pode facilmente tirar uma foto ou gravar um vídeo sem ninguém saber. O risco disso pode ser muito alto para se permitir o uso em áreas sensíveis como banheiros ou laboratórios de desenvolvimento de produtos.”

 

7. Qual o impacto da compra da VMware, anunciada no início do ano?
Cesar Berenguer - Com a parceria, Airwatch By VMware pode oferecer sua solução para a base de 500 mil clientes da VMware, assim como trabalhar com ajuda de sua rede de parceiros, que conta com 75 mil canais. Temos muito mais visibilidade agora e oferecemos um pacote completo ao cliente. Entregamos ao mercado uma base mais abrangente para, de forma eficaz, gerir os sistemas de desktop e os usuários, trazendo o aumento da produtividade no acesso a aplicativos, dados e arquivos, por meio de uma variedade de dispositivos. Oferecemos uma experiência completa no uso final, ao mesmo tempo que sabemos que a indústria busca uma sinergia entre desktop, laptop, dispositivos móveis, smartphone, periféricos, tecnologias vestíveis e tudo o mais. Todo esse espaço do uso final de computação está se unificando.

AirWatch By VMware: entenda a solução

Console

A plataforma AirWatch by VMware inclui a gestão de soluções de dispositivo móvel, e-mail, aplicação, conteúdo e navegador. Organizações de todos os portes e setores podem implementar por meio de diversos tipos de dispositivo, incluindo gestão completa da mobilidade corporativa (EMM, da sigla em inglês) para desenvolvimentos corporativos e de linhas de negócios, e conteinerização de soluções para programas de Bring Your Own Device (Byod).

  • Arquitetura: dimensionado para suportar implementações de milhares de dispositivos por meio de arquitetura robusta, totalmente configurável de acordo com ambiente e necessidades.
  • Integração: conexão com AD/LDAP, Autoridades Certificadoras, infraestruturas de e-mail e outros sistemas empresariais, tanto em uma nuvem e no modelo de implantação on-premise.
  • Entrega flexível: oferece implantação em nuvem e on-premise
  • Ecossistema móvel: integra e se une a autoridades de certificação, fabricantes de dispositivos, desenvolvedores de aplicativos e controle de acesso de rede, gestão de despesas de telecomunicações, VPN e fornecedores de segurança web.

*No momento da entrevista, Cesar Berenguer era diretor geral da AirWatch para América Latina. Executivo atual, hoje, como  Enterprise Support Services – Americas.

Saiba mais:

Bate-papo com CIO: se bem aproveitada, mobilidade é fonte de receita

(#2) O que vi no AirWatch Connect 2014: Brasil está no “primeiro degrau” em estratégias móveis

América Latina: Byod deve triplicar e atingir US$ 14,52 bilhões em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>