Até 2017, 25% das empresas terão lojas corporativas de apps. Você sabe o que é isso?

Home »  Geral »  Até 2017, 25% das empresas terão lojas corporativas de apps. Você sabe o que é isso?

On julho 25, 2014, Posted by , In Geral, With No Comments

Por Institucional MDM Aplicativos móveis deixaram de ser apenas para entretenimento há um bom tempo. Com smartphones e tablets invadindo as empresas em todo o mundo, o que antes era trabalho para desktop hoje pode ser resolvido por um dispositivo de bolso. O Gartner prevê que até 2017 (veja a matéria na integra), por exemplo, cerca de 25% das companhias terão suas próprias lojas corporativas de apps. A criação destes ambientes, onde somente softwares autorizados pelo departamento de TI podem ser baixados, é possível via soluções de Mobile Device Management (MDM). Assim como a Google Play e App Store, estes ambientes funcionam como um repositório de programas, sejam eles produzidos pela própria empresa (os chamado in-house, cujo código- fonte é próprio do cliente), sejam terceirizados (criados por outros fornecedores, públicos e/ou gratuitos).

As lojas corporativas de aplicativos permitem:

  • Gerenciar tudo o que é baixado nos aparelhos
  • Criar catálogo de aplicações recomendadas e proibidas
  • Enviar atualizações de versões de apps a todos com facilidade e segurança
  • Habilitar ou desabilitar aplicativos com facilidade
  • Criar grupos de acesso, diferenciando tipos de aplicativos disponíveis de acordo com as funções exercidas pelos colaboradores
  • Permitir que os usuários avaliem aplicativos e enviem comentários

IMG_8647IMG_9513

 

 

 

 

 

 

 

 

Ter uma loja corportiva de aplicativos garante mais segurança, agilidade e facilidade de gestão. E o melhor de tudo: é de graça e feito com a facilidade de alguns cliques, dentro da própria ferramenta de MDM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>